14 de agosto de 2018

Ensino de programação já é realidade em escolas brasileiras

Esqueça estereótipos como geeks entocados num quarto ou gênios isolados em laboratórios de multinacionais. A programação já não tem mais sua utilização restrita a profissionais da tecnologia ou outros públicos específicos. Pelo contrário. Num mundo de inovação constante, ela é cada vez mais uma habilidade essencial a todos os indivíduos. Afinal, mesmo que nem sempre percebamos, softwares estão presentes em praticamente tudo o que nos rodeia, o tempo todo. Desde cedo, quando toca o despertador do iPhone, até à noite, quando nos acomodamos no sofá para ver Netflix. Mas o valor das linguagens de programação vai muito além das tarefas rotineiras que podem facilitar.

Por intermédio da programação, é possível ensinar pessoas a resolver problemas e trabalhar em equipe. Especialmente quando o incentivo já começa na infância. Por isso, a Apple desenvolveu o Everyone Can Code (ECC). Trata-se de um programa completo que oportuniza a qualquer pessoa aprender e ensinar programação em sala de aula. Trazido ao Brasil em 2017, o ECC já vem sendo aplicado em mais de 40 escolas do país. Entre os pioneiros deste universo de instituições está o Centro Educacional Upaon-Açu, de São Luís/MA. Recentemente, o educandário incluiu o programa no currículo do 1º ao 9º ano do Ensino Fundamental. Dessa forma, passou a envolver em torno de mil alunos com o Everyone Can Code.

De acordo com o consultor educacional Antonio Ferro, esta é uma proposta de fácil e rápida implementação nas escolas. “As aulas estão prontas, possuem vasta carga horária e permitem atuar com crianças a partir de 4 anos”, destaca.

Programação como recurso de qualidade

Com uma proposta pedagógica fundamentada no Sistema Montessori de Educação, o Upaon-Açu soma 35 anos de história. Ao longo deste período, sempre buscou manter seus processos de aprendizagem instigantes e participativos. Além disso, faz investimentos constantes em recursos avançados e diversificados para qualificar o ensino. Entre eles está a implementação do Everyone Can Code.

Diante da velocidade das informações e dos avanços, segundo a diretora Elsa Balluz, a escola precisa se reinventar. Tanto para atender às expectativas da sociedade quanto para refletir e entender a forma de pensar dos alunos. Especialmente para poder prepará-los para o futuro. “Com a implantação do ECC curricular, vimos o brilho nos olhos de nossas crianças e adolescentes”, comenta. Entre os benefícios do programa, Elsa destaca a possibilidade de lidar com o erro e com os desafios. “Isso vai muito além do uso de iPads: se configura no protagonismo, na criação e desenvolvimento da autorresponsabilização”, avalia. Conforme a diretora, também tem sido muito positiva a repercussão das atividades junto à comunidade escolar.

Quer implantar o programa Everyone Can Code na sua escola?
Fale com um especialista da iPlace Educacional pelo fone 4020.7900 ou pelo e-mail contato@iplace-educacional.com.br.

Foto: Centro Educacional Upaon-Açu/Divulgação

Download (PDF)

Copyright © 2018 iPlace. Todos os direitos reservados. | Condições de uso | Política de Privacidade