06 de Agosto de 2015

Ciência a um touch

Para fomentar feira de ciências, professoras do Colégio Bandeirantes criaram um trabalho colaborativo no Mosyle. Com a atividade baseada em um filme da Disney, elas estimularam os alunos do 6º ano do Ensino Fundamental a aplicarem passos do método científico.

 

A preparação para a Feira de Ciências e Tecnologia do Colégio Bandeirantes, em São Paulo, ficou ainda mais interessante com um projeto das professoras Mariana Lorenzin, Lívia Dorice, Jéssica Morais e Carolina Oreb, sob a coordenação da professora Cristiana Assumpção, Coordenadora de Ciências e Laboratório de Biologia do colégio. Elas conduziram a produção de trabalhos de iniciação científica utilizando a ferramenta de Atividades em Grupo do Mosyle.

 

Com foco no problema de escassez de água, elas criaram uma atividade inserindo o divertido contexto do filme Frozen, da Disney, para trabalhar com alunos do 6º ano do Ensino Fundamental os primeiros passos do método científico, tais como observação de fatos, elaboração de perguntas e formulação de hipóteses. 

 

Segundo as professoras, os alunos engajaram-se muito com a dinâmica do trabalho. “Nós demos as orientações e de forma muito intuitiva eles prosseguiram com a atividade. Eles gostaram muito de fazer tudo no iPad”, conta a professora Mariana. A mobilidade que o Mosyle proporciona ao processo de aprendizagem foi destacado pelas professoras. Os alunos que não conseguiram terminar a atividade em sala de aula, puderam continuar trocando informações pelo chat e depois enviar o trabalho pronto pelo próprio Mosyle. “A facilidade de compartilhar os arquivos é imensa e nós conseguimos visualizar todo o processo”, lembra a professora Jéssica.

 

Para as docentes, esse tipo de atividade é interessante já que utiliza um conjunto de ferramentas disponíveis nos iPads que possibilita a colaboração para a construção do conhecimento. “No fundo, a gente está ensinando nossos alunos a utilizarem a tecnologia de uma forma educativa. O trabalho é para que eles percebam também que o iPad é uma ferramenta de aprendizado”, aponta a professora Lívia.

 

Por Virgginia Laborão, Coordenadora de Comunicações do Mosyle.

 


Cadastre seu e-mail aqui e fique por dentro das informações da iPlace Educacional.

FACEBOOK