12 de setembro de 2019

iPad na educação: as vantagens de se ter um laboratório móvel

Nos últimos anos, a tecnologia tem ajudado a integrar o ambiente escolar ao digital, fomentando ainda mais o aprendizado. Dessa forma, diversas são as ferramentas que surgem para tornar o ensino mais flexível, dinâmico e prático. Aliás, é exatamente isso que esperam os mais de 150 mil alunos ouvidos pelo Portal Porvir. Por meio da pesquisa Nossa Escola em (Re)Construção, estudantes destacam que a tecnologia precisa estar presente em todos os espaços.

Ou seja: assim como não deve ficar restrita ao laboratório de informática, pode ir além da sala de aula. Afinal, estudos apontam que os dispositivos móveis estão cada vez mais presentes ao dia a dia escolar.

Neste aspecto, o iPad está entre as melhores ferramentas digitais para a educação. Robusto e portátil, ele aproxima os alunos da tecnologia e representa uma maneira econômica e vantajosa de estimular o aprendizado. Sobretudo quando a ideia é utilizá-lo em substituição ao laboratório de informática. Afinal, é possível assim redirecionar os recursos antes dedicados à manutenção e atualização de equipamentos. Além disso, o iPad aplica-se tanto ao uso compartilhado quanto ao sistema de um para um.

 

O laboratório de informática encontra a mobilidade

 

Ainda em 2017, a pesquisa TIC Educação identificou um recuo progressivo do acesso à internet pelos laboratórios de informática. Ou seja, espaços que antes serviam como entrada principal para a inclusão digital nas escolas parecem estar agora em declínio. Ao mesmo tempo, verifica-se um aumento deste uso da rede em sala de aula. Assim, além da adoção de novas práticas pedagógicas, os dados comprovam a apropriação da cultura digital nos diversos ambientes da escola. Logo, as instituições de ensino precisam contar com soluções práticas e seguras para disponibilizar estas ferramentas em condições de uso.

É aí que entra em cena o Carrinho iPlace 2.0. Trata-se de uma estação de recarga e transporte de periféricos projetada para equipamentos de alta tecnologia. Suas réguas de tomada permitem carregar dezenas de dispositivos ao mesmo tempo em total segurança. Além disso, há um organizador para impedir que os cabos embaracem. Assim, a estação portátil se mostra ideal para armazenar os equipamentos utilizados pelas turmas – servindo tanto para iPad quanto MacBook.

Com fluxo de ar contínuo e freios para travamento, o carrinho evita ainda superaquecimentos e quedas acidentais. Para completar, funciona tanto em 110V quanto em 220V. Graças às rodas emborrachadas que diminuem o atrito com o solo, fica ainda mais fácil transportar o “parque de máquinas”. Dessa forma, ao ser levada para diferentes salas de aula, a estação se transforma num autêntico laboratório móvel.

Foto: iStock/monkeybusinessimages | iPlace/Divulgação

Download (PDF)