13 de agosto de 2020

Saiba como gravar videoaulas simples e envolventes

Atualmente, a internet é considerada principal fonte de informação e acesso ao conhecimento. De tal modo que, em poucos cliques (ou simples comandos de voz), é possível descobrir qualquer coisa no ambiente online. Diante disso, o papel do professor tem se renovado a cada dia. Por vezes como um guia da aprendizagem, como facilitador no uso de novas tecnologias e, inclusive, como produtor de conteúdo. Aliás, a mudança súbita da sala de aula para o ambiente virtual trouxe impactos diretos à rotina dos educadores. Isso porque a nova tarefa de produzir e gravar videoaulas surgiu como desafio adicional no cotidiano de muitos professores.

Assim como na aula presencial, as atividades no ambiente online demandam bom planejamento. Além disso, requerem alguns itens e truques especiais. Sobretudo para que o educador não precise extrapolar sua carga horária constantemente. Assim, dominar alguns macetes pode ser o “pulo do gato” rumo ao sucesso nesta nova jornada. Aliás, tanto no aspecto profissional quanto nos âmbitos físico e mental. Por isso, a iPlace Educacional traçou algumas estratégias para auxiliar os professores em seus mais recentes desafios diários.

Um manual de boas práticas para gravar videoaulas e conquistar o engajamento dos alunos

Como você já deve saber, o iTunes U é um aplicativo completo para a educação. Afinal, permite levar a sala de aula, virtualmente, para qualquer lugar. Consequentemente, é o parceiro ideal para o professor planejar atividades e contribuir na criação e compartilhamento de conteúdo autoral. Serve ainda como uma importante fonte de inspiração para gravar videoaulas que obtenham maior engajamento dos alunos. Afinal, o aplicativo gratuito da Apple reúne vasta biblioteca de materiais de grandes e renomadas instituições de ensino. Então, depois de usar seu iPhone, iPad ou Mac para buscar ideias no iTunes U, aproveite as dicas a seguir.

Mantenha um diário de notas e a organização de sua agenda

Ao pesquisar informações ou buscar inspirações, o ato de tomar notas é essencial. Não apenas para não esquecer suas melhores ideias, mas também para que possam servir de apoio no momento das produções. Para tanto, você pode utilizar aplicativos de processamento de texto, como o Pages. Afinal, além de suas anotações, ele permite facilmente incluir imagens, filmes, áudios, gráficos e formas nos documentos. Depois, dedique um momento para montar sua agenda de trabalho. Para tanto, invista em aplicativos de calendário e/ou de planejamento de projetos, como o OmniPlan 3, por exemplo. Dessa forma, você conseguirá diluir o desafio de gravar videoaulas em tarefas mais simples. Além disso, será mais fácil acompanhar seus horários e evitar cargas de trabalho em excesso.

Pense no objetivo da aula e na linguagem que será capaz de aproximá-la do seu público-alvo

Antes de transformar seu plano de aula em roteiro de gravação, pense sobre o público-alvo de sua produção online. Ou seja: considere o perfil, os hábitos e preferências de seus alunos para, então, adaptar seu conteúdo e linguagem. Neste aspecto, talvez seja válido observar este outro texto com dicas de como aproveitar os famosos memes na educação. Além disso, considere a dinâmica e o tempo de atenção dos estudantes para estipular a duração ideal para sua videoaula. Afinal, é possível combinar vídeos mais curtos com o uso de outros materiais prontos. Para isso, basta fazer links para fotos, áudios, PDFs e até mesmo outros vídeos. Dessa forma, sua videoaula será mais atrativa e envolvente. Porém, sem nunca perder o foco no principal objetivo da aula, do conteúdo abordado nela e do aprendizado esperado.

Então, ao finalizar seu vídeo, procure uma maneira de chamar seus alunos para a ação. Em outras palavras: proponha um exercício, uma busca por materiais complementares, a criação de formulários, uma partida de jogos digitais. Afinal, o aprendizado não precisa ser limitado ao tempo da videoaula.

Invista numa gravação de qualidade

Para obter um bom resultado de gravação, é importante avaliar seu ambiente e dispor de equipamentos de qualidade. Felizmente, as câmeras do iPhone e do iPad oferecem alta definição e tecnologia de ponta. Logo, são ideais para gravar videoaulas e muito mais! Além disso, vale contar com boa iluminação, um cenário organizado e um microfone para garantir a melhor captação de áudio.

Locação. Ao eleger seu lugar de gravação, evite ambientes muito escuros ou barulhentos. Aliás, faça uma curta captura de vídeo com o iPhone ou iPad para observar possíveis interferências na captação do áudio. Incluem-se aí ruídos, som ambiente, vento e eco, por exemplo. Isso porque esses distúrbios sonoros costumam ficar mais evidentes em gravações. Além disso, considere qual o tipo de fundo e cenário será melhor para gravar videoaulas adequadas ao tema em questão. Afinal, é muito bom para o engajamento da audiência se for possível incluir toques de edição e criatividade. Por isso, evite fundos completamente brancos e, se possível, invista num fundo verde para implementar a sobreposições de cenários.   

Iluminação natural ou artificial. Caso não possua equipamentos de iluminação artificial, alguns truques podem solucionar possíveis problemas de luz em suas produções. Afinal, é possível aproveitar a luz natural da rua ou a luminosidade que entra por uma janela. Em ambientes externos, evite horários de sol a pino ou locais que ofereçam numa mesma cena partes de vídeo claras demais e escuras demais. Nesse caso, prefira filmar à sombra e em horários nos quais a incidência solar não esteja tão alta. Enquanto isso, em cenas internas, posicione-se de frente para a janela. Assim, para controlar a intensidade da luz em seu rosto, basta ajustar a distância entre você e a abertura. Caso possua uma luminária de mesa, vale apontá-la para a parede de cor mais clara próxima a você. Com isso, será possível criar uma luz difusa adicional, que ajuda na distribuição mais uniforme da iluminação.

Captação de áudio. Se puder usar um microfone propriamente dito ou fone de ouvido com microfone embutido, ótimo. Se não, tudo bem também. Afinal, os microfones de dispositivos como iPhone e iPad são capazes de gravar bem o áudio do que está a até um ou dois metros de distância. Nesse caso, para atingir resultados melhores, basta ficar distante do fundo e mais próximo à câmera durante a gravação.

Captação de cenas. Evite gravar o vídeo com a câmera em suas mãos. Portanto, usar um tripé ou apoio para o iPhone e iPad é uma boa solução para garantir estabilidade às cenas. Além disso, mantenha a atenção ao enquadramento da imagem. Afinal, é essencial que nada importante fique fora de cena. Aliás, antes de gravar videoaulas, pense no tipo de plataforma em que elas serão disponibilizadas. Dessa forma, será mais fácil definir se a captação deverá ser feita na horizontal ou na vertical. Normalmente, vídeos verticais são utilizados em redes sociais. Enquanto isso, os horizontais oferecem melhor visualização para telas de TV e computadores. 

Tenha múltiplas câmeras ao seu dispor

Ao combinar o iPhone com o aplicativo DoubleTake, é possível revolucionar seu modo de gravar videoaulas. Afinal, com essa ferramenta (gratuita na App Store) você consegue usar duas câmeras do dispositivo ao mesmo tempo. Assim, dá para utilizar numa mesma gravação tanto a câmera frontal quanto uma das câmeras traseiras. Ou, se preferir, duas lentes traseiras de forma simultânea, combinando, por exemplo, a lente ultra angular e a teleobjetiva. Com isso, o cenário será mostrado de formas diferentes no mesmo clip. Logo, não será necessário ficar girando o telefone durante a gravação para mostrar outras cenas.

Como se vê, o DoubleTake torna mais fácil a tarefa de capturar experimentos e tutoriais, sem a necessidade de edição. Ou seja, um recurso especialmente útil também para videoaulas ao vivo. Afinal, basta abrir o app, selecionar as câmeras e começar a gravar!

Aproveite o recurso de gravação de tela do iOS

Assim como o iTunes U e o Pages, o Keynote é outro excelente aliado na preparação de suas videoaulas. Afinal, com este aplicativo gratuito da Apple, o professor consegue montar apresentações completas de alto nível com muita simplicidade. Assim, você pode criar materiais atraentes que incluem gráficos animados e transições cinematográficas, por exemplo. O app também facilita o ensaio da apresentação do slide, com notas do apresentador e timer numa só visualização. Depois de tudo pronto, basta usar o recurso de gravar a tela do iPhone e do iPad ou do Mac. Assim, você pode usar o material em sua videoaula ou disponibilizá-lo como conteúdo extra.

Para um “grand finale”, edite no iMovie!

Gratuito na App Store, o iMovie é responsável por criar filmes incríveis em dispositivos iOS e macOS. Com ele, você pode editar vídeos utilizando efeitos de chroma key para substituir fundos e criar sobreposições. Além disso, passa a contar com muitas trilhas sonoras para embalar suas produções. Seja no iPhone, no iPad ou no Mac, ele permite navegar facilmente pelos clipes para editar vídeos ao estilo Hollywood. Logo, será o toque final para tornar suas videoaulas personalizadas e profissionais. Ainda mais com as opções de temas exclusivos, títulos, filtros, efeitos e transições disponibilizadas. Então que tal baixar o iMovie agora mesmo e já começar a explorar todos os seus recursos?

Gostou deste conteúdo? Pois conte sempre com a equipe da iPlace Educacional para obter soluções perfeitas, com a melhor tecnologia e experiência Apple.

Foto: iStock/fizkes

Download (PDF)