22 de dezembro de 2020

Apple: como o iPad facilita a transição para o ensino remoto

O ano de 2020 foi certamente atípico e muito desafiador para os mais diversos setores – mas sobretudo para o educacional. Por conta da pandemia de covid-19, em todo o mundo as aulas presenciais foram suspensas, sendo substituídas pelo ensino remoto. No Brasil, estamos agora chegando ao fim deste ano letivo e preparando estratégias para tornar a educação a distância mais efetiva em 2021. Logo, neste momento de planejamento, cabe buscar inspiração em outras experiências mundo afora.

Nos Estados Unidos, por exemplo, um projeto da Apple vem chamando a atenção positivamente. Trata-se da Iniciativa de Educação Comunitária, ou Community Education Initiative (CEI), em inglês. O programa tem como objetivo fomentar o ensino de programação de forma inclusiva em escolas onde há predominância de alunos negros e de origem indiana. Neste ano, o projeto naturalmente incorporou a questão mais recorrente durante a pandemia: como melhorar a qualidade do ensino remoto?

Aprendizagem por desafio: educação transformadora

A pergunta acima foi tema central durante o CEI Coding Academy, curso online de programação voltado a educadores integrantes do projeto da Apple. Quase 500 profissionais participaram do evento. Entre eles, a professora Portrice Warren, que trabalha numa escola em Birmingham, no estado do Alabama.

Ao portal da notícias da Apple, Portrice contou que os professores tiveram de criar apps para resolver problemas reais. Esse método, conhecido como aprendizagem por desafio, pode ser muito produtivo quando trabalhado com os alunos no ensino remoto. Isso porque aborda assuntos de aula com um viés prático e concreto, ofertando benefícios tangíveis para a vida do estudante.

No contexto da educação à distância, onde é mais difícil reter a atenção dos alunos, o método instiga o interesse pelos estudos. “Para mim, esse método é uma ferramenta motivacional”, diz Portrice. Para ela, a aprendizagem por desafio será uma das ferramentas que elevarão o nível da aprendizagem.

Professora Portrice Warren (Birmingham, Alabama/EUA)

Apple: mais ferramentas para o ensino remoto

Além de proporcionar capacitações como o CEI Coding Academy, a Apple oferece ainda os melhores dispositivos para a implementação da aprendizagem por desafio. O principal deles é o iPad, reputado como porta de entrada da tecnologia em sala de aula (presencial ou remota). Com o iPad, educadores como Portrice Warren ganham um instrumento incrível para o ensino de programação. Isso se dá através do currículo Programação Para Todos e do Swift Playgrounds, app que ludifica a aprendizagem de códigos.

Com esses recursos, professores podem usar a gamificação para propor desafios à classe de forma descontraída e extremamente efetiva. Assim, os estudantes assimilam conteúdos de aula ao mesmo tempo em que se divertem. Além disso, têm a oportunidade de desenvolver apps completos que resolvam problemas reais encontrados no dia a dia. Ou seja: com o iPad, os alunos têm em mãos uma ferramenta efetivamente transformadora.

Quer saber como utilizar o iPad e a plataforma Apple no ensino remoto de sua escola? Então entre com contato agora mesmo com a iPlace Educacional e fale com um de nossos especialistas!

Fotos: 1. iStock/Sushiman | 2. Apple/Divulgação
Download (PDF)