4 de março de 2021

Como preparar dispositivos Apple para o ensino remoto

Recentemente, publicamos aqui no blog da iPlace Educacional um post introdutório sobre o Apple School Manager. Nele, explicamos as principais vantagens do uso dessa plataforma de gerenciamento a distância em escolas que adotam o ensino remoto. Assim, hoje damos continuidade ao assunto, apresentando um guia de como preparar os dispositivos de sua instituição para tal atividade. Aliás, o material a seguir é voltado tanto para gestores de escolas quanto para profissionais da área de TI. Afinal, são eles os responsáveis diretos pela configuração dos parques de dispositivos. Confira!

Ensino remoto: guia de preparação de dispositivos Apple

O primeiro passo é fazer o registro dos aparelhos na solução de MDM usada em sua escola. Isso pode ser feito com dispositivos já pertencentes à instituição ou com equipamentos recém-adquiridos. Em seguida, já é possível vincular esses aparelhos também ao Apple School Manager. Cumpridas essas etapas, são três os principais passos seguintes para preparar os equipamentos para utilização em ensino remoto. Saiba mais sobre cada um deles:

1.     Definir o uso de cada dispositivo

Escolas que adotam regimes de educação e trabalho a distância precisam determinar quais dispositivos serão disponibilizados para uso remoto. Ou seja, quais aparelhos os estudantes e os funcionários poderão levar para casa. Isso porque essa definição ajudará nas próximas etapas do gerenciamento dos dispositivos.

2.     Configurar permissões e perfis de usuários

Utilize o Apple School Manager para criar IDs Apple gerenciados para todos os usuários do ambiente de ensino remoto. Aliás, isso permitirá que alunos e professores tenham acesso gratuito a 200 GB de armazenamento em nuvem no iCloud. Além disso, você pode definir permissões de uso diferentes para cada usuário ou para lotes de usuários. Inclusive, com os IDs Apple gerenciados, é possível subordinar as contas dos alunos às de seus professores. Dessa forma, o sistema cria uma hierarquia de perfis, facilitando o acompanhamento das turmas por parte dos educadores.

3.     Implementar apps para ensino remoto

Por fim, use o Apple School Manager para adquirir aplicativos por volume na App Store e instalá-los nos equipamentos. Assim, é possível configurar vários aparelhos de uma só vez, facilitando o trabalho da equipe de TI. Da mesma forma, você pode customizar os dispositivos com diferentes apps, dependendo de quem os usará. Ou seja, um Mac destinado a um professor pode receber aplicativos dedicados à gravação de videoaulas ou apresentações multimídia. Ao mesmo tempo, os alunos poderão receber um iPad já equipado com apps educativos, como Anki, Kahoot  e Swift Playgrounds .

Com a tecnologia educacional da Apple, seu parque de dispositivos fica pronto para a educação a distância em poucas etapas. Quer saber como adotar o Apple School Manager na gestão do ensino remoto em sua escola? Então entre em contato agora mesmo com a iPlace Educacional e fale com um de nossos especialistas!

Foto: iStock/Lyndon Stratford

Download (PDF)